Eles podem ser coringas na hora de compor o look! Veja as dicas.

Vamos esclarecer uma coisa: cinto não é só para segurar a calça! Ele também complementa a produção e pode favorecer cada biotipo. Tudo depende do tamanho, da cor e como o cinto é posicionado em relação ao corpo e à roupa, podendo causar uma ilusão de ótica.

Entender as diferenças causadas visualmente pode poupar muita frustração e fazer uma revolução no seu guarda-roupa apenas com esse “detalhe” que é um poderoso truque de styling.

Lembrando que, nada é regra. Vai de acordo com o que você deseja destacar ou suavizar na própria imagem. Confere as dicas:
Cinto abaixo da cintura dá ideia de amplitude na região da barriga. E de pernas mais curtas. Também alonga o tronco, ideal para quem tem seios maiores. Dependendo do caso, use ou evite.

Kátia Gomes | Jornalista pós-graduada em cenografia e figurino e com especialização em consultoria de imagem para o varejo. Gerencia as páginas no Refinaria de Estilo e Refinaria de Ideias no Instagram.