Três atletas do Curso G9 conquistaram feito inédito para Itajubá: eles receberam, oficialmente, o título de Mestre Nacional pela Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), órgão máximo do esporte no Brasil. São eles: André Bernardo Britto e os irmãos Enzo de Almeida Ramos e Giovanna Almeida Magalhães. Vale destacar que Giovanna Almeida Magalhães, de quatro anos, passa a ser a atleta mais nova da história do Xadrez Nacional a se tornar Mestre. Antes dela, o recorde pertencia ao atleta de Santa Catarina, Kim Paul, de cinco anos. “Estou muito feliz com esse título. Quero agradecer muito ao professor Toninho Martins e ao Curso G9”, disse a aluna.

“Foi um grande passo em busca do meu grande sonho, que é me tornar Grande Mestre de Xadrez. Isso só foi possível graças a Deus e ao treinamento com o professor Toninho e a oportunidade que o Curso G9 nos dá de praticar esse esporte”, disse Enzo de Almeida. A titulação é em decorrência do ótimo desempenho dos três alunos Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar 2020, realizado de forma remota nos dias 25 e 26 de julho. Giovanna Almeida (Educação Infantil) foi campeã na categoria Pré-Escolar; André Britto na categoria 3º ano do Ensino Fundamental I; e Enzo Almeida na categoria 5º ano do Ensino Fundamental I. O Curso G9 ainda conta na equipe com outro atleta titulado, Renan Morais (8º ano do Ensino Fundamental II), que é Candidato a Mestre Internacional.“Esse título representa um prêmio ao meu esforço e um incentivo para que continue desenvolvendo meu xadrez. Quero agradecer aos meus pais, ao professor Toninho, o Curso G9 e todos que me ajudaram nessa conquista”, disse André Brito.

Os pais dos atletas estão orgulhosos com a conquista dos filhos. “Agradeço a Deus pelo cuidado singular de me permitir ser mãe de uma duplinha que me encanta diariamente, não pelo conquistam, mas pelo que são. Aprendo diariamente a importância de construir aquilo que queremos e o valor imensurável do amor que transborda nos olhinhos deles. Gratidão ao Curso G9 e ao professor Toninho por caminharem conosco”, disse Karla Almeida, mãe dos alunos Giovanna e Enzo. “Para nós, a conquista do bicampeonato Brasileiro de Xadrez Escolar e o consequente título de Mestre Nacional, outorgado e homologado pela CBX, nos enche de orgulho, alegria e satisfação. Representam um resultado de sucesso de um esforço conjunto de família, atleta, treinador e escola”, disse os pais do aluno André Britto, Luís Henrique do Amaral Britto e Juliana Bernardo Fernandes.

Mestre de Xadrez
“A conquista é um marco para nossa cidade que nunca teve um Mestre em Xadrez que fosse da própria cidade”, disse o professor de Xadrez do Curso G9, Antônio Martins. “Estou muito feliz com mais essa conquista de nossos alunos. Acredito que a CBX está no caminho certo ao incentivar e dar a chance para que as crianças com talento para o esporte tornem-se referência desde muito cedo”, completou.

De acordo com Toninho Martins, o título de Mestre Nacional é geralmente concedido aos jogadores que obtiveram excelente desempenho em torneios importantes ou que alcançaram pontuação alta no ranking da Federação Internacional e da Confederação Brasileira.

Como o evento realizado pela CBX foi disputado de forma mista, ou seja, alunos da Educação Infantil disputaram com alunos até do 4º ano do Ensino Fundamental, a confederação entendeu que os respectivos campeões em cada categoria de ano escolar deveria receber tal honraria tendo em vista a dificuldade encontrada pela disparidade na idade dos atletas. A CBX tem realizado várias ações online durante o período de quarentena como forma de incentivar a prática do xadrez.

A Oficina de Xadrez do Curso G9 teve início em 2010. Desde 2012, a equipe participa de torneios nacionais e internacionais, obtendo excelentes resultados.