Aprenda a tirar mais proveito do seu guarda-roupa e inovar no visual.

Muitas pessoas têm restrições em usar e mesclar estampas e, por medo de errar e ficar um visual carregado, acabam combinando sempre da mesma maneira: com preto, branco ou jeans. Para quem quer começar a sair da zona de conforto, vão algumas dicas rápidas e fáceis para começar a brincar com as possibilidades:

Cor: pelo menos uma das cores de cada peça tem que ser igual ou da mesma paleta para criar uma harmonia no visual. Também pode adotar a mesma cor apenas para o fundo das estampas com desenhos de cores totalmente diferentes o que, ainda assim, dá uma unidade ao look.

Ponto focal: escolha uma das estampas para ser a dominante, enquanto a outra pode ser menos chamativa. Aquela que vai ser a protagonista do look.

Mesma padronagem de desenho, mas com tamanhos diferentes: listras finas com listras largas, florzinha com florzona e assim por diante. O visual fica mais discreto. Se ainda for demais, opte por mini estampas em todas as peças.

Mesma padronagem de desenho, mas com cores diferentes: A ousadia estará nas cores escolhidas, que podem ser contrastantes ou não.

Clássico preto e branco: blusa de listras PB com saia de poá PB, por exemplo, ou ainda dar um efeito “negativo/positivo”: mesmo desenho com fundo branco para uma parte e fundo preto para outra. Não tem erro.

Se a insegurança persistir, eleja um acessório como lenço, cinto, bolsa ou sapatos para misturar com a peça de destaque. Um jeito discreto de ir testando os resultados e o que faz mais sentido dentro do seu estilo. Aos poucos, irá descobrir como o seu guarda-roupa pode ser versátil e render muitos outros looks, sem precisar gastar mais para isso!

Kátia Gomes | Jornalista pós-graduada em cenografia e figurino e com especialização em consultoria de imagem para o varejo. Gerencia as páginas no Refinaria de Estilo e Refinaria de Ideias no Instagram.